Foi hoje anunciado pelas autoridades húngaras que estas passaram a aceitar os testes PCR Covid19 realizados em qualquer país do espaço Schengen. A aceitação destes testes realizados no estrangeiro, está limitada a um dos dois testes necessários para sair de quarentena. O segundo teste deverá ser realizado na Hungria, no mínimo 48h depois do primeiro teste (máximo 5 dias). 

Foi também anunciado que os espetadores estrangeiros de eventos desportivos e culturais de especial relevância, passam a poder entrar no país se apresentarem um teste PCR Covid19 negativo e forem submetidos a um exame de saúde no aeroporto. Neste caso, os visitantes só podem permanecer no país 3 dias. Alertamos para o facto desta regra ter sido criada devido à Supertaça Europeia que se realizará em Budapeste, pelo que as autorizações concedidas pela Polícia nestes termos, devem limitar-se aos espetadores deste evento. 

Por fim, os trabalhadores de uma empresa húngara ou filial de empresa húngara, em viagem por motivos profissionais (com respetiva prova), passam a entrar no país sem restrições.  

As restantes regras de entrada na Hungria mantêm-se inalteradas. Para mais informações deverá consultar a nossa notícia, nesta página, de 30 de agosto, com o título: "Condições de entrada na Hungria a partir de 1 de setembro". 

  • Partilhe